Aliança de Leandro do Bope com homem acusado de estupro e violência doméstica para prejudicar eventos em Búzios gera revolta na cidade

0
401

Conforme antecipado com exclusividade pela Coluna Radar Político publicada na última segunda-feira (16), o currículo do autor da denúncia levada ao Ministério Público questionando os próximos eventos de Búzios, chamou muita atenção no meio político e empresarial do balneário.

Segundo o apurado pelo Portal Cabo Frio em Foco, o autor da denúncia Marcelo Montinie Silva é aliado do candidato a prefeito Leandro do Bope e tem extensa ficha criminal incluindo processos judiciais por estupro e violência doméstica, além de outros crimes elencados no Código Penal e uma condenação de 5 anos de prisão.

Na medida em que avança a eleição suplementar para a escolha do novo prefeito em Armação dos Búzios, a denúncia feita pelo aliado de Leandro do Bope atacando os eventos da cidade como forma de prejudicar a candidatura do prefeito interino Rafael Aguiar gerou indignação na cidade, nos empresários, trabalhadores, entidades e toda a comunidade envolvida na organização dos eventos já´consagrados no calendário do município de Armação dos Búzios.

A jogada eleitoral em favor de Leandro do Bope em parceria com um homem com ficha criminal por estupro, violência doméstia, além de outros crimes, agora se desnatura como ato meramente politiqueiro, além de instrumentalizar o Ministério Público e o Poder Judiciário para prejudicar a programação do Calendário de Eventos, amplamente debatido pela sociedade buziana e aprovado pela Câmara Municipal. 

Segundo advogados ouvidos pelo Portal Cabo Frio em Foco, além de interferir na lisura do pleito eleitoral extraordinário em Armação dos Búzios, agravando ainda mais a crise política, a instabilidade na administração pública municipal, a jogada política do caveira do Bope, pode trazer graves prejuízos ao trade turístico, comerciantes em geral, trabalhadores e por via de consequência,  toda população do balneário que tem o turismo, como força motriz da sua economia.

No que tange aos eventos questionados, trata-se de subsídios de cota-patrocínio da Prefeitura Municipal para a realização de diversos eventos nos próximos dias, com valores empenhados, liquidados e pagos para a realização dos mesmos. Os valores destinados para os eventos de 2024 foram criteriosamente planejados pela atual gestão municipal que conseguiu reduzir quase pela metade os valores gastos, comparados aqueles pagos em 2022 na gestão do então prefeito Alexandre Martins. Na programação de 2024,  buscou-se gerar economia, eficiência e o bom uso dos recursos públicos do município de Armação dos Búzios, no rol das políticas públicas para fomentar a economia local, gerando emprego, renda, oportunidades e receitas para os cofres públicos quando se adentra a baixa temporada.

Na seara política, o fato gerou revolta e indignação da comunidade Buziana, a aliança do policial Leandro do Bope com um personagem com extensa ficha criminal, incluindo estupro e violência doméstica, deixando sinais dúbios do seu “moralismo de ocasião” e do seu entorno com vistas a diputa pelo Comando do Poder Executivo em 28 de Abril deste ano. Leandro do Bope passa a ser questionado sobre seus reais propósitos ao tentar tomar o poder a qualquer custo, quando poderia fazê-lo de forma equilibrada, com debates, propostas e projetos de cidade.

A redação do Portal Cabo Frio em Foco entrou em contato com os citados na reportagem, incluindo o candidato e sua assessoria para que apresentassem a versão dos fatos, mas até o fechamento da matéria não se pronunciaram. O espaço está aberto para a manifestação dos mesmos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here