Polícia Civil de São Pedro da Aldeia prende homem foragido da justiça

Em uma ação coordenada, policiais da 125ª Delegacia de Polícia (125ª DP), da Agência de Inteligência da 25ª BPM (AIB/25ª BPM Ala D), da...
HomeRegião dos LagosPrefeito Alexandre Martins se reúne com quiosqueiros prejudicados por ação judicial

Prefeito Alexandre Martins se reúne com quiosqueiros prejudicados por ação judicial

O Prefeito de Búzios, Alexandre Martins, se reuniu nesta terça-feira (18) com os quiosqueiros que trabalham na Praia da Tartaruga para explicar como eles deverão atuar até a conclusão do Plano de Recuperação Florestal a ser implementado pela prefeitura. O Plano foi apresentado a partir da Ação Civil Pública do Ministério Público Federal que se transformou em uma decisão judicial.

De acordo com o Prefeito Alexandre Martins, a reunião aconteceu para a orientar de que maneira esses trabalhadores poderão operar até o início e conclusão das obras no local: “nós explicamos aqui como eles vão trabalhar provisoriamente até a aprovação e confecção dos quiosques novos e já marcando o início da recuperação da área de preservação”, disse. O chefe do Poder Executivo ainda ressaltou que almeja que a Praia da Tartaruga sirva de modelo para as demais.

Durante a reunião, o Secretário do Ambiente e Urbanismo, Evanildo Nascimento ressaltou que nunca foi intenção do município conflitar, mas dialogar para que a decisão judicial fosse cumprida em comum acordo. “A ideia do Meio Ambiente é cumprir aquilo que a justiça determinou que é fazer o plano de recuperação de área degradada e isso demanda tempo”, disse o secretário.

Evanildo ainda frisou que os quiosqueiros deverão a partir de agora usar provisoriamente a areia da praia, colocando estruturas móveis e retirando ao final dos trabalhos: “nós vamos reduzir o número de cadeiras e guarda-sóis na areia da praia e não poderão cozinhar nada no local. Tudo que forem servir ao usuário da praia deverá vir de uma cozinha de fora do local, evitando assim impactos como a geração de esgoto e de resíduos, enquanto a prefeitura faz a intervenção na parte da recuperação ambiental, que é replantando a restinga e também o projeto urbanístico com a construção de novos quiosques”, disse ele.

Durante a reunião foi apresentado o projeto de revitalização urbanística da Praia da Tartaruga. Haverá revitalização da orla, com uma praça de alimentação onde os quiosques poderão funcionar. Eram catorze quiosques, eles ficarão condensados em sete. Eles ficarão conjugados para atender as 14 famílias e os funcionários que trabalhavam no local.

Na sexta-feira (14), uma ação da prefeitura por meio das secretarias do Ambiente e Urbanismo, Segurança e de Serviços Públicos foi realizada na Praia da Tartaruga para retirada dos materiais dos quiosques de maneira que não resultassem em perdas financeiras. O município é réu nesta ação que vem de outras gestões e a decisão recaiu sobre a atual.