Operação do MPRJ e Polícia Civil desmantela quadrilha que desviou mais de R$ 6 milhões da Prefeitura de Arraial do Cabo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), com o...
HomeGeralRoubalheira na UERJ abasteceu campanhas eleitorais no Estado do Rio

Roubalheira na UERJ abasteceu campanhas eleitorais no Estado do Rio

Os escândalos de corrupção na UERJ voltaram ao noticiário nacional nesta quinta-feira (27), com uma matéria do Portal UOL. Um esquema de desvio de dinheiro púbico operado durante as eleições de 2022, abasteceu candidatos com a prática de “rachadinha” na véspera da campanha eleitoral no Estado do Rio, por meio de fantasmas contratados de um “projeto de pesquisa” da Universidade.

A Investigação do UOL mostra agora que contratados em folhas de pagamento secretas da Uerj repassaram grande parte das remunerações em um esquema de rachadinha com boletos e Pix. Eles ganhavam a maior bolsa paga pela universidade (R$ 34 mil brutos por mês) com dinheiro do governo Cláudio Castro (PL) para os seus aliados politicos.

Bolsistas relataram que repassaram a maior parte do dinheiro para operadores que os indicaram para as vagas. Sob condição de anonimato, quatro pessoas falaram ao Portal UOL, que foram envolvidas no esquema entre junho e agosto de 2022 em um projeto de educação profissional. Quase metade dos 92 contratados com as maiores bolsas fez saques em dinheiro que somaram R$ 2,2 milhões nos dois meses que antecederam a campanha.

Os relatos convergem quanto aos valores e à forma de contratação (leia abaixo). Três bolsistas disseram que repassaram as remunerações por meio do pagamento de boletos de empresas (os nomes das firmas não foram revelados). Já um outro contratado afirmou ter transferido dois pagamentos da Uerj (quase R$ 50 mil) por Pix para contas bancárias indicadas por um conhecido. Ele não revelou de quem eram as contas.