Operação do MPRJ e Polícia Civil desmantela quadrilha que desviou mais de R$ 6 milhões da Prefeitura de Arraial do Cabo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), com o...
HomePolicialTurista que estava no Rio para show da Taylor Swift é morto a...

Turista que estava no Rio para show da Taylor Swift é morto a facadas por assaltantes

Um turista de Mato Grosso do Sul foi morto a facadas na madrugada deste domingo por dois homens durante um assalto na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. A vítima, Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, de 25 anos, estava na cidade para o show da cantora Taylor Swift, previsto para este domingo, no Engenhão, na Zona Norte.

Um dos suspeitos já tinha ficha criminal por outros crimes e havia sido preso em flagrante na última sexta-feira. Ele foi solto em uma audiência de custódia no sábado, horas antes do assassinato.

Jonathan Batista Barbosa, apontado pela PM como autor das facadas, está foragido — Foto: Divulgação
Jonathan Batista Barbosa, apontado pela PM como autor das facadas, está foragido — Foto: Divulgação

O crime aconteceu por volta das 3h da madrugada, na altura da Rua Figueiredo Magalhães, a poucos metros do batalhão de Copacabana. Gabriel estava com um grupo de cinco amigos, todos turistas que também vieram para o show da cantora Taylor Swift.

Segundo a Polícia Civil, eles estavam sentados nas areias da Praia de Copacabana, contemplando o mar, quando dois assaltantes se aproximaram. Em depoimento, uma das vítimas contou que Gabriel era o único que dormia, acordando com susto ao ser abordado. Ele reagiu, sendo esfaqueado no peito. A mesma testemunha relatou aos investigadores que os criminosos estavam alterados e os chutavam o tempo todo. Gritavam que, se alguém levantasse, iriam matar quem ousasse desobedecê-los. A faca utilizada era de cozinha, mas com uma lâmina grande. Os suspeitos levaram a chave de um veículo e dois telefones celulares.

Jonathan havia sido preso na última sexta por furto e receptação, sendo posto em liberdade por decisão judicial no mesmo dia — Foto: Reprodução
Jonathan havia sido preso na última sexta por furto e receptação, sendo posto em liberdade por decisão judicial no mesmo dia — Foto: Reprodução

Segundo o diretor da Delegacia de Homicídios da Capital, delegado Alexandre Herdy, os dois assaltantes já foram identificados pela polícia:

— Um dos suspeitos presos, o Anderson, foi confirmado durante as investigações. Já o outro detido, o Alan, não foi reconhecido pelas testemunhas. No momento do assalto, as testemunhas identificaram Anderson e Jonathan, sendo este último o autor das facadas. Ele se encontra foragido, mas as equipes já estão fazendo buscas para a prisão.

Anderson Henriques Brandão, foi reconhecido por testemunhas e detido por policiais militares após o crime. Ele confessou o envolvimento, e de acordo com a PM, disse ainda que eles são moradores de rua.

O outro detido, Alan Ananias Cavalcante, tem anotações criminais, por roubo, furto, tráfico e um homicídio em 2008. A polícia, porém, informou que não tem indícios de que ele matou ou participou do roubo.

Anderson Henriques Brandão, foi reconhecido por testemunhas e detido por policiais militares. Ele confessou o crime — Foto: Divulgação
Anderson Henriques Brandão, foi reconhecido por testemunhas e detido por policiais militares. Ele confessou o crime — Foto: Divulgação

Já Jonathan Batista Barbosa, apontado pela polícia como autor das facadas, havia sido preso na última sexta por furto e receptação, sendo posto em liberdade por decisão judicial no mesmo dia. Ele ainda possui seis anotações criminais: homicídio, roubo, porte de arma de fogo, lesão corporal, furto e receptação.

Os policiais militares e civis permanecem nas buscas pela sua localização.