Alexandre de Moraes determina prisão preventiva de Valdemar da Costa Neto, o presidente do PL

0
233

A prisão em flagrante do presidente do PL, Valdemar Costa Neto, foi transformada em prisão preventiva. A determinação foi do ministro Alexandre de Moraes na noite desta sexta-feira (09). Valdemar foi detido por ter uma arma sem registro e por possuir uma pepita de ouro sem procedência e de garimpo ilegal, crime inafiançável.

Costa Neto foi preso na quinta-feira (8), durante a ação de busca e apreensão feita pela Polícia Federal durante a Operação Tempus Veritatis, que investiga uma tentativa de golpe para manter Jair Bolsonaro no poder. O presidente do PL acabou detido em flagrante depois que agentes encontraram uma arma com a documentação vencida e registrada no nome do filho do investigado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here