Câmara Municipal de Cabo Frio reprova contas de Marquinho Mendes de 2018 e o torna inelegível por 8 anos

0
418

A Câmara Municipal de Cabo Frio reprovou as contas do ex-prefeito Marquinho Mendes, relativas ao ano de 2018, em sessão de julgamento na sessão ordinária da última quinta-feira (7).

A Votação das Contas da Administração Financeira do Município, no exercício de 2018 alcançou os mandatos dos ex-prefeitos Marquinho Mendes que foi cassado, Adriano Moreno que foi eleito na eleição suplementar e do ex-prefeito interino Achilles Almeida Barreto Neto, único a comparecer à tribuna da Câmara Municipal.

Após o uso da Tribuna pelo ex-prefeito Achilles, foi realizada a votação por escrutínio secreto. Foram votados os três projetos de Decreto Legislativo referente ao ano de 2018.  O primeiro a ser votado foi o Projeto de Decreto Legislativo 02/2024, referente ao período de 1º de janeiro a 9 de maio de 2018, com Marcos da Rocha Mendes à frente do Executivo. As contas deste período foram julgadas e reprovadas por 8 votos a 6 e tem como efeito, a inelegibilidade do ex-prefeito por 8 anos.

Em seguida, o Projeto de Decreto Legislativo 03/2024 entrou em votação. O documento traz as contas da Administração Municipal entre os dias entre 10 de maio a 16 de junho de 2018, com o comando interino da Prefeitura pelo senhor Achilles Almeida. A votação foi pela aprovação das contas, com o resultado de 12 a 2.

Por fim, os vereadores depositaram na urna as cédulas referentes ao Projeto de Decreto Legislativo 04/2024, referente ao período de 17 de julho a 31 de dezembro de 2018, quando o Município esteve sob a chefia do senhor Adriano Moreno. As contas também foram aprovadas por 12 a 2.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here