Operação do MPRJ e Polícia Civil desmantela quadrilha que desviou mais de R$ 6 milhões da Prefeitura de Arraial do Cabo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), com o...
HomeGeralMulher baleada por suboficial  da Marinha em São Pedro da Aldeia tem...

Mulher baleada por suboficial  da Marinha em São Pedro da Aldeia tem morte cerebral

Wania Lucia Firmiano da Silva, de 47 anos, alvejada por disparos de fogo pelo marido, suboficial da Marinha, Alexander Neves da Invenção, no último dia 24 de junho, não resistiu e foi a óbito neste sábado (8). O crime ocorreu no Condomínio Cisne Branco no bairro Fluminense, em São Pedro da Aldeia.

A tragédia correu durante uma briga entre o companheiro e o filho de Wania de apenas 10 anos. O homem que estava embriagado, atirou contra o garoto, mas alvejou a mãe que entrou na frente para salvar o filho.

A vítima foi levada ao Pronto Socorro dos Milagres, em estado grave. Posteriormente, ela foi transferida e ficou internada no CTI do Hospital Estadual Roberto Chabo (Herc), em Araruama. Segundo nota da unidade, Wania deu entrada com lesões no abdômen, tórax e na coluna. Infelizmente, acabou não resistindo após dias lutando pela vida.

O criminoso foi detido por populares e, posteriormente, encaminhado à 125ª DP de São Pedro da Aldeia por uma equipe da Polícia Militar que chegou ao local. Após o Registro de Ocorrência, ele foi entregue a Marinha do Brasil.

Diante da situação, a Marinha do Brasil emitiu uma nota expressando repúdio a quaisquer atos ilegais que atentem contra a vida, a honra e os valores militares.

A direção do Hospital Estadual Roberto Chabo em nota, informou que o protocolo de morte cerebral foi aberto neste sábado (8)