Foco principal do fundo de US$ 10 bilhões da Arábia Saudita no Brasil será energia limpa

0
267

O governo brasileiro avalia que o Fundo Soberano Saudita planeja investir US$ 10 bilhões no Brasil. A discussão ocorreu durante o encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o príncipe herdeiro e primeiro-ministro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, na capital saudita, Riad.

O encontro histórico marcou o primeiro compromisso do presidente brasileiro nos países do Oriente Médio e teve como pauta principal o fortalecimento das relações bilaterais entre Brasil e Arábia Saudita, além de oportunidades de investimento para empresas brasileiras no país árabe, segundo reportagem da agência Sputnik.

Segundo avaliação do governo brasileiro, o Fundo Soberano Saudita planeja aplicar US$ 10 bilhões no Brasil, com a expectativa de que US$ 9 bilhões sejam investidos nos próximos sete anos. Os projetos contemplam áreas diversas, desde energia limpa e hidrogênio verde até defesa, ciência e tecnologia, agropecuária e infraestrutura relacionada ao Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Mohammed bin Salman destacou o protagonismo internacional do Brasil e ressaltou a importância econômica que ambos os países têm para suas respectivas regiões. O primeiro-ministro saudita também mencionou a importância estratégica da presidência brasileira no G-20 e expressou o interesse da Arábia Saudita em se tornar parte ativa no banco do BRICS.

O príncipe saudita também expressou interesse em visitar o Brasil, especialmente a Amazônia, quando convidado por Lula. Ambas as partes manifestaram interesse em formar um Conselho bilateral em nível ministerial, com encontros regulares, visando o aprofundamento das relações econômicas e políticas entre os dois países.

O anúncio desse investimento significativo representa um marco nas relações entre Brasil e Arábia Saudita, abrindo portas para uma cooperação ainda mais estreita e promissora no futuro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here